anjinhos

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Gatos & Anjos: Agentes Misteriosos em Nossas Vidas. (Campos de Raphael).

“Amor sem apego. Sensibilidade. Equilíbrio. Graça. Ronronar reconfortante. O mágico e misterioso gato se liga ao céu e à terra, ao mundo selvagem e ao ambiente doméstico”. (Kate Solisti-Mattelon - 'Conversando com os Gatos').
(*) A categoria angélica e qualidades de seu Anjo, revelam influências e o roteiro de vida que, antes de descer ao campo quântico de possibilidades, você escolheu vivenciar para ampliar a consciência. Problemas e crises são oportunidades de crescimento: "Quando as ocupações se nos propõem, devemos aceitá-las; quando as coisas acontecem em nossa vida, devemos procurar compreendê-las até o fundo". (Lü Dsu, sábio chinês). Em 'O Segredo da Flor de Ouro', C.G. Jung diz: "As universidades não são mais fonte de conhecimentos. As pessoas estão cansadas da especialização científica e do intelectualismo racional. Elas querem ouvir a verdade que não limite, mas amplie; que não obscureça, mas ilumine"... (Campos de Raphael).

 Mensagem de Aniversário. Anjo do Dia. 'IAH-HEL': "Ser Supremo". Protege nascidos em: 01/08, 13/10, 25/12, 08/03 e 20/05. "Este anjo ajuda a obter sabedoria, auxilia no surgimento de ideias luminosas e a apaziguar a violência no mundo... Quem nasce sob esta influencia tende a viver de modo correto e honesto. Ama a tranquilidade, a nobreza de caráter e a solidez de atitudes. Desde criança demonstra segurança em seus atos e sabe controlar suas ansiedades. Cumpre fielmente todos os deveres e obrigações para consigo, sua família e comunidade. Líder nato, aceita convites de comando por seu jeito forte, capacidade de improvisação e apreço aos desafios. Tático, busca sempre uma vitória imediata. Luta por uma imagem digna, transparente, verdadeira. Suas viagens de lazer ou trabalho, são consideradas 'experiências', que sempre enriquecem seu mundo íntimo, cada dia mais repleto de luz. É um ótimo mestre, que obtém vitória por ser o que é - simplesmente amor. Poderá ser atleta, professor de ginástica ou de qualquer outro esporte, dono de academia... Poderá ser administrador de empresas, empresário, economista ou  ser líder de partido político". Saiba mais: 'Iah-hel'. 62º Anjo da categoria 'Arcanjos'. [Fonte: viverempaz.com]


Arcanjos: "Categoria responsável pela transmissão de mensagens importantes. Favorece a sabedoria, os estudos; cooperação, compreensão e bons relacionamentos. Os anjos dessa qualidade são ágeis, rápidos e querem ver todos felizes... Os seus protegidos podem ser excelentes escritores ou arquitetos, possuindo doçura de caráter. Para ancorar em casa um arcanjo é preciso ter vasos de flores, folhagens variadas, tudo muito colorido. Por isso, seus protegidos gostam de usar estampas com flores na decoração, roupas e utensílios; presentear os amigos com vasos de flores, violetas, flores silvestres, etc.". [Fonte: 'Tudo o que você precisa saber sobre Anjos'. Claudia Maria Janssen].

LEMBRETE: Embora a infância esteja pré-determinada, é-nos dado mudar o roteiro da vida a partir da adolescência e vida adulta: seja para um 'Bem Superior', rumo ao Alto; ou para baixo, o 'mal'... Cada ato libera certa energia quântica no campo eletromagnético da aura, circula e retorna na energia equivalente, benéfica ou maléfica. E assim vamos 'vivendo e aprendendo' na Escola da Vida. (C. de Raphael).
 
"Quando você experienciar através da Essência Divina do ser interior (o Self imortal), que somos parte uns dos outros e de todas as formas de vida manifestadas no Universo, saberá que os reinos "em cima" e "embaixo" estão interligados numa perfeita Unidade, como expressões de o mesmo Supremo Criador". (Campos de Raphael).

Kate Solisti-Mattelon, nasceu com o dom de dialogar com a alma das plantas e animais, e na Introdução de ‘Conversando com os Gatos, diz: “Hoje em dia as pessoas têm enorme vontade de compreender os porquês e os mecanismos da vida. São inúmeros livros de autoajuda nos ensinando como aprender a entrar em contato com nossa própria alma e ouvir a voz de Deus. Não seria maravilhoso aceitar que essas criaturas peludas, que dormem aos nossos pés, deitam enrodilhadas em nosso colo ou se esfregam em nossas pernas, podem também nos dar as respostas que buscamos?”

Kate enfatiza: “Não estou interessada em provar que a consciência felina, tal como a conheço, pode ser mensurada pelos padrões e tecnologias humanas”... A comunicação telepática com os gatos -, ela salienta -, “vai além de parâmetros como o tamanho do cérebro desse animal, as suas capacidades físicas, instintos e o seu comportamento. Talvez, enfim comecemos a compreender alguns dos mistérios e do misticismo que cercam o gato”...
Quando "por acaso" tomei conhecimento de ‘Conversando com os Gatos’, logo me identifiquei com as colocações e experiências espirituais de Kate não só em relação aos animais, como também pelo intuito solidário de compartilhar, através de seus relatos, algo de real importância, pois o livro “é sobre como nos abastecermos na Consciência Divina que atua por meio de toda criatura, planta, pedra e porção d’ água de nosso planeta”.

“A Consciência Divina é expressa por meio da linguagem do coração, que viabiliza a comunicação e a compreensão entre as espécies... Cada espécie e indivíduo expressam a Consciência Divina do seu próprio jeito”... E“os níveis individuais de percepção variam de gato para gato, assim como de pessoa para pessoa”.

Parodiando Shakespeare, há mais coisas sob os céus e a terra que a nossa vã filosofia desconhece. Talvez as pessoas de espírito cético duvidem de tudo aquilo que Kate expõe em seus livros. Mas, você pode reconhecer a verdade quando a experienciou em algum nível em si mesmo. E vivenciamos coisas inusitadas ao longo de nossa própria vida, embora em níveis diversos daqueles de Kate, tanto em relação a gatos, como sobre anjos e “coincidências significativas”. E hoje sabemos que teríamos dificuldade em compreendê-las, sem que às experienciasse antes de vir a estudar psicologia junguiana.

Estamos aqui no "campo quântico de possibilidades" para viver e aprender, e assim expandir a consciência. E concordamos com a colocação de Kate de que "precisamos aprender a nos abrir para ouvir" - não só ao que essas extraordinárias criaturinhas têm a nos dizer, como também os nossos próprios Anjos da Guarda...
Na verdade, nossa experiência pessoal com os gatos começou quando recolhemos no jardim do prédio um gatinho todo enlameado, na época que morávamos em Itanhaém/SP. Parece que fôra atirado no rio que passava nos fundos do edifício.

A minha parceira cuidou dele e o alimentou desde pequeno. No entanto, para surpresa minha ele passou a me dar tantas provas de amor que me livrou do preconceito de que “gatos não gostam da gente, e sim apenas da casa”. Ele era tão inteligente e vivaz, que o batizamos de ‘Pipoca’ e depois pelo diminutivo carinhoso de ‘Pipo’.
'Pipo' tornou-se o mestre que me propiciou descobrir a comunicação telepática felina, quando nos olhava direto nos olhos e "pedia" para levá-lo ao jardim do prédio ao anoitecer. Horas mais tarde, sua imagem me aparecia de repente, clara na mente, quando queria voltar para casa. Então eu chegava na janela do apartamento e o via meio escondido nas plantas do jardim, o olhar fixo na direção da porta do elevador, onde eu apareceria para buscá-lo...

Anos mais tarde, quando morávamos em S. Pedro da Serra/RJ, outro gato amarelo, mas de rua, trouxe um gatinho de poucas semanas. Ele aguardou sentado na soleira da porta de entrada, protegendo o gatinho assustado, até que chegássemos do supermercado. Quando nos aproximamos, ele me fitou direto nos olhos e me transmitiu telepaticamente que o filhote perdera mãe e pedia que cuidássemos dele. Antes de sair de casa, eu encontrara uma peninha de coruja na soleira da porta e tivera a intuição de que era um sinal do meu anjo. 

O fato inesperado ocorreu em 17.Fev.2001, um dos cinco dias sob a proteção de ‘Veuliah’, um "anjo de cura", regidos por ‘Raphael’ (Rapha, curar; El, Anjo, gênio, Deus, Divindade). Esta série eventos marcou o início do primeiro contato de 'Veuliah' comigo, através de sinais e intuições, que culminou com este trabalho solidário de informação, sem fins lucrativos. E devido a coincidência daquela data, o gatinho recebeu então o nome de ‘Rapha’: ‘Curado pelos Anjos’. Talvez agora você entenda por que sinto afinidade espiritual com a Kate...
Na verdade, bem antes de tais eventos eu experienciara aos 34 anos de idade o contato consciente com o ‘Self’, durante a vivência do numinoso e ‘déjà vu’ no Castelo do Graal. Aconteceu na região de antigos santuários celtas e druidas no Sul da França. Os druidas percebiam a Essência Divina por trás de todas as formas, pedras e elementos da Natureza, que propicia vida e inteligência a todas as coisas.

E foi num local próximo ao dólmen druida de Montréalp-de-Sós que, através do ‘Self’ interior, experienciei seu fluxo de indescritível Amor -, que irradiou do âmago do santuário de meu coração para todas as coisas ao redor. Esse inesperado fluxo de Amor evocou de imediato a resposta do Ser Essencial nas pedrinhas no chão, florezinhas na relva e nas montanhas graníticas pirenaicas ao redor.

Ali vivenciei e soube que, por trás e no âmago de tudo está a mesma Essência divina; que todas as formas e criaturas são expressões da Suprema Inteligência. E entendi por que na história do Sul da França, os monges cristãos cátaros clamavam aos algozes: "Deus é Amor!"...

Paulo, experienciou a Consciência Divina e essa Energia-Amor no Caminho de Damasco. Por isso, podia afirmar"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos e não tivesse Amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que removesse os montes, e não tivesse Amor, eu nada seria" ... (I Cor. 13:1 e 2).

Aquela vivência espiritual no Sul da França mudou radicalmente nossa visão de mundo, não só em relação a pessoas e raças, os reinos mineral, vegetal e animal. Na época, minha esposa eu éramos vegetarianos por questões éticas e espirituais. Mas, aquela vivência aprofundou a compreensão da necessidade de respeitarmos a vida não só dos animais, como de todas as formas manifestadas, pois por trás de tudo está a mesma Essência e Consciência Divina em expansão, que interliga toda a Criação...
Se você observar perceberá a Consciência Divina atuando detrás de toda a Natureza, planetas, galáxias, e em cada célula inteligente de nosso 'pequeno universo' físico. E talvez entenda por que nosso 'Self'’ imortal nos interliga com todos os seres e coisas, pois sabe que em tudo permeia, vibra e está presente a Suprema Consciência. Lembra-me o axioma de Hermes: "Assim como é em cima, é embaixo". Essa inteligência, observada nas ondas e partículas do mundo subatômico pela Física, foi denominada 'energia quântica'...
Em 'Conversando com os Gatos', Kate expressa o anseio de que seus livros “possam ajudar as pessoas a se lembrar de como entrar em contato com a Consciência Divina por meio de toda a criação – animal, vegetal e mineral – e então compartilhar essas experiências uma vez mais, assim como pretendiam as lendas antigas”. E afirma:

“Eu continuarei usando o dom de efetuar a comunicação entre espécies com o intuito de melhorar a compreensão e a ligação entre todos os seres. Para mim isso tem tudo a ver com o Amor”. (Kate Solisti-Mattelon).

Clic no Anjinho e conheça tb.:
 Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).

Nenhum comentário:

Postar um comentário