anjinhos

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

ANJOS & GOLFINHOS - Com Kutira e Moonjay. (Terry Lynn Taylor).

“O Anjo que presidiu o meu nascimento, disse: Pequena criatura, formada de Alegria e Júbilo, vá e ame sem ajuda de coisa alguma na terra”. William Blake. [Cf. ‘Anjos, Mensageiros da Luz’, p. 190. Terry Lynn Taylor. Pensamento].

Intróito: Há tempos atrás, quando você ainda “brincava nos gramados celestes”, desceu das montanhas mineiras para o Rio de Janeiro um menino protegido pelo anjo da guarda que presidira seu nascimento. Era aniversário de seus treze anos e vinha cumprir o destino que ele próprio escolhera antes de nascer.

Mas, nada sabia de coincidências significativas, quando embarcou num trem da Leopoldina Railways, nome que homenageava a princesa austríaca Leopoldina, esposa de D. Pedro. E muito menos que viria também desposar mais tarde uma descendente da nobreza austríaca...

Começou então a trabalhar no Largo da Carioca, numa loja de confecções femininas, onde hoje existe o Edifício Central e a entrada do Metrô. A jovem proprietária era paulista e queria um menino para limpeza e entregas.

V. talvez nem possa imaginar a sensação indescritível que um menino do interior sente no contato direto com o mar. Ele adorava levar tailleurs e chapéus às freguesas de Icaraí em Niterói, pois na época durante a travessia pela antiga barca podia ver na ida e na volta bandos de botos (golfinhos), que adentravam a Baía de Guanabara para alimentar-se, acredita? E grande era a emoção de todos os passageiros ao contemplar de perto o nado rítmico e sincronizado dos golfinhos em seu ambiente natural, bem próximo da barca...

Já percebeu quem foi esse menino? Bem mais tarde, depois que me aposentei por tempo de serviço, fui residir no litoral sul de São Paulo à beira do Rio Itanhaém. Ali, há um recanto rochoso rico em algas marinhas, alimento vital para tartarugas. E freqüentemente passava próximo dali um casal de golfinhos e às vezes até um alegre bando.

Em Rio das Ostras, há também semelhante aglomerado de rochas vulcânicas que avança mar adentro formando o recanto calmo da Praia das Tartarugas, onde me apraza nadar e vê-las subir à tona para respirar. Infelizmente, a Prefeitura permite a pesca nesse local, o que deveria ser proibido e fiscalizado, pois as tartarugas ali vêm alimentar-se das algas marinhas nas pedras e podem ficar presas nas redes ou até mesmo fisgadas pelo anzol de pescadores, fato que assisti consternado num recente fim de semana...


O mar e as pedras possuem uma radiação-luz pura especial que sempre nos atraiu, à minha esposa e eu. Cristais e pedras recolhidas no Brasil nos lugares que moramos, ou terras da Europa por onde viajamos, como França e Floresta Negra em Calw na Alemanha, são parceiras de ancoragem e conexão com os anjos (ver foto); adornam nossa mesa de trabalho e também a varanda da casa.

E não me canso de agradecer a dádiva dos anjos de guiar-me para alugar no bairro Operário uma pequena casa, com larga varanda e jardim lateral, um espaço natural para meus gatos e companheirinhos de jornada desfrutarem felizes... E levo apenas vinte minutos para caminhar com meus dois Fox-paulistinhas até a Praia das Tartarugas!

Em razão da longevidade secular, a tartaruga simboliza na sabedoria chinesa a imortalidade do ser; e como nós dois reconhecíamos isto por experiência própria, não foi por acaso que ali, em meio às rochas, espargi as cinzas da cremação das vestes de minha companheira de jornada, que retornou para a dimensão angélica após cumprir sua missão espiritual.

Tendo atravessado esta série crucial de eventos nestes últimos três anos em Nova Friburgo, agora me foi dado na maturidade descer das montanhas da Serra do Mar, reconfortado e sob a proteção das asas angelicais, para voltar a residir nas proximidades do mar e seus golfinhos. E a criança em mim sente-se feliz de iniciar este janeiro de 2011 em Rio das Ostras conversando com você e sua criança interior sobre esta misteriosa e amorosa conexão existente entre golfinhos e anjos.

Ah! Tudo que relatei pretendeu mostrar que, embora de cara você não perceba, nossas vidas estão repletas de coincidências significativas, que os anjos nos propiciam através da Sincronicidade. É quando as coisas nos acontecem mais além da vontade pessoal, e descobrimos mais tarde sua razão de ser. V. pode se surpreender ao descobrir como isto ocorre na sua própria vida, acessando (Clic): ‘SINCRONICIDADE: Nada Acontece Por Acaso na Vida’. (Campos de Raphael).

'Golfinhos & Anjos' - Com Kutira e Moonjay. "Exatamente [ou coincidentemente] no dia em que me perguntava sobre a conexão entre os golfinhos e os anjos, Kutira Decosterd apareceu para lançar luz sobre o assunto".

O caminho da vida de Kutira é em grande parte o de um anjo humano. Um dos objetivos do trabalho de sua vida é ajudar indivíduos a cruzarem os limites pessoais que cerceiam a criatividade e ajudar a gerar um modo de vida mais divertido e gratificante. Instrutora de Tantra Ioga por muitos anos, ela encontrou uma maneira de combinar essa antiga prática de estímulo de energia com seu interesse por golfinhos e baleias, criando o Tantra Oceânico.

Numa das imagens orientadas que usa, Kutira leva as pessoas para o mar, para conhecer um golfinho. Você se vê montado num golfinho e, enquanto se acostuma aos ritmos do mar através da respiração e do relaxamento, descobre que agora está num movimento em espiral com seu golfinho. Quando o movimento aumenta, você foi catapultado para o espaço, voando com seu golfinho para o reino do céu, onde tempo e espaço se desvanecem e há apenas liberdade.

Agora o golfinho se tornou seu anjo da guarda. Quando você está pronto para voltar ao plano terrestre, pede ao golfinho guardião uma lembrança da viagem para guardar. Presentes lindos são oferecidos às pessoas dessa maneira. Uma pessoa recebeu um cristal cintilante de seu golfinho, que o golfinho plantou para sempre em seu coração.

Kutira certa vez tomou um vídeo-teipe de golfinhos dançando e nadando em seu estilo de balé aquático e o superpôs a um vídeo-teipe de um lindo céu cheio de nuvens magníficas. Foi nesse momento que sentiu a conexão entre golfinhos e anjos. A observação dos golfinhos voando e dançando nas nuvens transportou-a a um reino onde toda a vida entra em conexão.

Kutira e seu parceiro Moonjay deram-me essas percepções de como os golfinhos são semelhantes aos anjos – os anjos do mar:

 Os golfinhos inspiram brincadeiras e riso. Não levam as coisas a sério; seu campo de gravidade é mais leve.

 Os golfinhos podem ser usados como conexão com uma consciência superior – um estado especial de ser que parecem levar consigo e parece abrir aos humanos que se achem em sua presença.

 A mitologia havaiana atribui a origem dos golfinhos aos astros do céu. Eles são conhecidos por ajudarem seres humanos em dificuldade no mar.

 Os golfinhos e as crianças entram em conexão fácil e naturalmente. Eles despertam a criança que há em nós; e nos abrem para nosso eu brincalhão.

 Quando as pessoas vêem golfinhos, seu estado de espírito fica mais leve e uma sensação de alegria, animação e amor se impõe...

Vale realmente à pena explorar a conexão entre golfinhos e anjos. Estou convencida de que os golfinhos têm uma mensagem para nossa espécie e de que esta é semelhante à mensagem que os anjos têm para nós: “Fiquem menos sérios e brinquem mais!”
[Extraído de ‘Anjos Mensageiros da Luz’, p. 214/15. Terry Lynn Taylor. Pensamento]

Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).
[Rio das Ostras, 26.01.2011].

Nenhum comentário:

Postar um comentário