anjinhos

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

YUMI - O POEMA DE AMOR DA DESPEDIDA.

[Clic na imagem para ampliá-la]

A Despedida antecipada de Yumi:
Talvez um pedido premonitório aos pais,
para a cremação de seus restos mortais,
antes da tragédia na Pousada Sankay,
na Ilha Grande/RJ, em 01.01.2009.


“Gostaria que minhas cinzas
Fossem jogadas [no ar],
Do alto de uma montanha e no mar.
Quando sentirem saudades minhas,
Respirem, estou presente no ar.
Quando sentirem saudades minhas,
Mergulhem, estou presente no mar.
Estou presente no mundo,
Estou presente no coração
De cada um de vocês”...
(Yumi Faraci).

Agradecimento dos pais à Yumi:

“Obrigado Yumi, luz de nossas vidas,
das vidas pelas quais passou
e todas que ainda tocará...
Quem quiser lembrar da Yumi,
não precisa ir onde ela ia...
Quem quiser saber da Yumi,
é só colocar a mão no coração,
que ela vai estar no coração de cada um”.
(Palavras de Geraldo e Sônia Faraci).

[Extraído da entrevista dos pais de Yumi em 04.01.2009, ao 'Jornal Nacional' da TV Globo].
*******
[®] Adendo: 'Vivendo e Aprendendo'

Deus não abandona a obra de Suas Mãos”...

Seus anjos da guardam sempre nos acompanham e cuidam de todos os seres. [®].

Yumi adorava tocar violão e cantar: “A música está dentro de nós”... “Quando nos esforçamos para fazer o melhor, tudo é possível”... dizia. As coisas que afloram do coração, morada e santuário da divindade imortal em nós, tocam e ressoam também na alma de outros seres e pessoas…

“Se tivermos sorte, sentiremos compaixão pelas mesmas mágoas nos outros… A reflexão sobre si mesmo nos leva a amar de modo agradecido aqueles que nos refletem”. [Cf. ‘Milagres Inesperados’, p.66. David Richo].

O nome 'Yumi' vem de um tipo de arco medieval japonês (Daikyo), de 2,20m de envergadura... E as palavras sábias e profundas de Yumi revelam que, por trás da sua veste física, possuía no ser interior uma alma de grande envergadura, amadurecida e intuitiva. Pôde assim deixar um bálsamo espiritual para aliviar o sofrimento e a dor no coração de seus pais…

“Ao morrer, o homem não se transforma em sua parte imortal, sendo antes mortal e imortal já em vida, ao ser a um só tempo ego e Self”. Carl Jung.

Jung discernia o eu pessoal (ego) de o ser profundo imortal, denominado simplesmente de 'Self', e a cientista Danah Zohar, o chama de “The Quantum Self”. A nosso ver, o ser quântico de Yumi inspirou as palavras: “estou presente no ar, no mar... Estou presente no coração de cada um de vocês”... E deste Self imortal aflorou em nós, no Sul da França, o Amor cuja essência está além das formas interligando tudo, seres e coisas; presente por trás de o coração da flor delicada à poderosa rocha granítica! [Cf. 'Meu Perfil].

Finalizando: A experiência ao longo da vida, tudo que vivenciei e aprendi, reafirma esta verdade expressa por David Richo, em 'Milagres Inesperados', p. 190:

“Reconheço que há um mundo que está além dos meus sentidos físicos, uma verdade além do meu intelecto, uma sabedoria além da lógica, uma força além dos meus limites, e um secreto desígnio [por trás da vida] apesar de quaisquer aparências desanimadoras”... [®]
Luz, Saúde e Paz! (Campos de Raphael)

CLIC e acesse tb:
CLIC e veja:
OU CLIC e conheça uma história verídica:
[®] Revisto e ampliado. N. Friburgo, 24.01.2010.

Um comentário:

  1. Queridos Geraldo e Sonia, e todos os demais familiares e amigos da Yumi--

    Acabo de escrever e postar uma cronica em homenagem a Yumi. Foi escrita com o coracao.
    Esta' disponivel aqui, no meu blog,

    Ponteio Cultural
    www.drborim.blogspot.com

    Um abraco muito especial na alma de cada um de voces. -- Darinho dborim@umassd.edu

    ResponderExcluir