anjinhos

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

ANJO DA GUARDA & ARCANJOS - ('Meditações Sobre os 22 Arcanos do Tarô).

"Ouvi-nos Senhor santo, Pai onipotente e Deus eterno, e dignai-vos enviar do céu vosso santo Anjo, que guarde, proteja, visite e defenda todos os habitantes desta casa". (Oração litúrgica do ofício que precede à Missa solene).

 Seja Bem-vindo! - Welcome! - Bienvenido! 

(*) "Somos seres espirituais vivendo experiências numa veste humana"... Ninguém nasce por acaso certo dia e hora, como indica seu mapa astrológico como também o 'oráculo dos anjos'... A consciência da Alma-Espírito, porém, ao adentrar uma veste feminina ou masculina esquece sua missão e lições de vida que escolheu experienciar no 'campo quântico de possibilidades'... Mas, as características do 'Anjo da Guarda do dia de seu natalício', podem revelar as potencialidades e qualidades que, antes de nascer, você escolheu vivenciar para expandir a consciência do 'Self' imortal -, figurado às vezes como uma 'criança divina'... NOTE BEM: Muito embora a infância esteja predeterminada pelas escolhas a nível da Alma ou fator kármico, é-nos dado aqui a opção de mudar nosso roteiro na adolescência e vida adulta, seja rumo ao alto, o 'Bem Superior', ou para baixo, o 'Mal': "O que homem semear, isso colherá"... Tudo faz parte de seu aprendizado! (Campos de Raphael).

Você aniversaria hoje? Click nos Anjinhos!
 Anjos da Guarda: Click e veja o que o seu revela!


  

 “O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem”... (Saint-Exupéry).

Escolha abaixo sua música, que aquiete a mente e 'fale' ao
coração... Minimize, reabra o portal e a ouça durante a leitura:

Anjo do Dia: 'SEALIAH'. 45º Anjo. Categoria: ‘Virtudes’. Príncipe-Arcanjo: Raphael. Protege os que nascem em 19/Fev., 03/Maio, 15/Julho, 26/Set. e 08/Dezembro. Carta do Tarot: O Carro. Número de sorte: 07. Mês de mudança: Julho. Planeta: Sol. Hora: 14:40 às 15:00. Salmo: 93... "Este anjo ajuda a confundir as pessoas maldosas que oprimem os mais humildes. Levanta a boa vontade e a esperança dos desanimados. Domina a vegetação e tudo que tem vida e respira. Influencia os elementares que cuidam e protegem a natureza"... Características pessoais: "Quem nasce sob esta influência... é dotado de cultura prodigiosa, compartilhará seus conhecimentos e experiências, com aqueles que tenham ideais semelhantes aos seus. Descobrindo sua verdade espiritual conseguirá produzir modificações impressionantes no seu bairro ou comunidade. Estudará as Sagradas Escrituras e descobrirá as verdadeiras leis de Jesus. Possui dom para fazer revelações misteriosas, através de oráculos, sonhos ou premonições. Pela grandeza de suas obras terrenas, conseguirá aumentar sua luz e o vínculo com os anjos cósmicos... Seu papel na Terra, será ensinar a sociedade a descobrir que a potência angelical, situa-se num plano de luz que nos é permitido conhecer. Está encarregado de 'ressuscitar' o Cristo que existe em cada um de nós"... Profissionalmente: "Poderá obter êxito em atividades que permitam estar sempre em contato com pessoas, pois estará sempre disposto a ajudar a todos. Estará com frequência trabalhando em instituições de solidariedade, adaptação ou recuperação de pessoas marginalizadas pela sociedade"...

Gênio contrário (**): "Domina o desequilíbrio, a frieza e a maldade. A pessoa sob a influência deste gênio contrário, poderá ser um agitador em greves, dependente de calmantes e negar ajuda aos humildes e necessitados"... [Fonte 'Anjos Cabalísticos' p. 119/120. Monica Buonfiglio. 1993]. Para saber mais: ‘Anjo da Guarda de seu Nascimento’ – Monica Buonfiglio.

(**) 'Gênio contrário'. [Lembra o conceito 'sombra' junguiano]. "Jung parte da experiência humana de que temos não apenas lados bons e luminosos, mas também lados sombrios... traços e aspectos obscuros da personalidade (persona, 'máscara', em grego)". Isto explica por que o gênio contrário atua em oposição às qualidades luminosas do anjo da guarda e a alegoria religiosa representarem-no como Satanás ('o opositor') ou Mara (Budismo). "Fazem parte da sombra todas as porções reprimidas, inferiorizadas e culposas de uma pessoa, que a dominam de modo inconsciente e anseiam pela integração à consciência"... O gênio contrário perde seu poder, quando dele nos conscientizamos em nossas ações impulsivas e reações negativas e aprendemos a controlar tais impulsos, integrando-os à luz da consciência: "As trevas não suportam a Luz!"... (Campos de Raphael).

 Click-Foto: Coheça as Praias de Rio das Ostras!



  

'ANJO DA GUARDA & ARCANJOS'
('Meditações Sobre os 22 Arcanos Maiores do Tarô').
"Sim, existe algo acrescentado a ele [ser humano], com o papel de contrapeso das inclinações e dos hábitos viciosos que se enraizaram nele depois da queda primordial. Esse "algo" é o Anjo da Guarda".

"Pensa, pois, caro Amigo Desconhecido, pensa no Anjo da guarda quando tiveres problemas ou questões a resolver, tarefas a cumprir, planos a formar, preocupações e temores a acalmar! Pensa nele como na nuvem luminosa do amor maternal acima de ti, movido só pelo desejo de te servir e de te ser útil"... 

"O Anjo da guarda se junta, como fiel aliado, à imagem divina no homem do mesmo modo que as inclinações viciosas se juntaram ao organismo funcional humano que, antes da queda, era semelhança divina. O Anjo da guarda se encarrega das funções destruídas na semelhança pelo pecado original e preenche a brecha assim aberta. Ele se substitui às funções destruídas [ou obliteradas] pela queda"...

Como a oração do ofício da aspersão o precisa, rogando a Deus que se digne "enviar do céu seu santo Anjo, que guarde, ajude, proteja, visite e defenda todos os habitantes desta casa", o Anjo desempenha sua função de cinco maneiras: guarda, ajuda, protege,visita e defende. Ele é, pois a 'estrela cintilante', o pentagrama luminoso acima do homem.   


Ele guarda  memória, isto é, a continuidade do grande Passado no presente, que é a preparação para o grande Futuro. É o Anjo da guarda que vela para que haja um traço-de-união entre os grandes de Ontem, Hoje e Amanhã da alma humana. Ele é uma 'recordação' perpétua da semelhança primordial, da missão eterna confiada à alma na sinfonia cósmica e da morada especial da alma na "casa do Pai, na qual há muitas moradas"... (João, 14,2).

Se necessário, o Anjo da guarda desperta reminiscências das vidas anteriores terrestres da alma, a fim de restabelecer a continuidade do esforço, da busca e da aspiração da alma, de vida em vida, a fim de que as vidas particulares não sejam apenas episódios isolados, mas constituam etapas de um só caminho para um só termo.

O Anjo da guarda sustenta o esforço, a busca e a aspiração da alma comprometida no caminho. Isso significa que ele preenche as lacunas do organismo funcional psíquico, devidas à desfiguração da semelhança e supre suas deficiências, na medida da boa vontade da alma. Porque o Anjo sustenta, mas não substitui a [livre] vontade do homem pela sua.

A vontade continua livre sempre e em toda parte. O Anjo da guarda jamais toca no livre arbítrio do homem e se resigna a esperar a decisão ou a escolha feitas se forem acertadas, ou para ficar na posição de observador reduzido à prece, se não o forem.

Às vezes o Anjo da guarda se vê obrigado a não participar da atividade da alma, a saber, quando esta atividade está em desacordo com a imagem divina da alma; mas, outras vezes, ele pode tomar parte maior na atividade humana, quando esta atividade é de natureza a permiti-lo ou até a exigi-lo. Então o Anjo da guarda desce de seu lugar para o domínio da atividade humana. E visita o homem...
Essas "visitas" do Anjo da guarda verificam-se quando são possíveis e necessárias. Mas  o Anjo da guarda protege o homem sem cessar. Ele supre as falhas dos sentidos humanos, que estão privados da clarividência que tinham antes do pecado original. O Anjo é o clarividente que ajuda o não-clarividente nas tentações e nos perigos psíquicos e físicos. Adverte, informa e ajuda a apreciar.

Entretanto, o que ele nunca faz é suprimir as ocasiões de tentação. Porque, como diz santo Antão, o Grande, "sem tentações, não há progresso espiritual". A tentação pertence, como parte integrante, ao exercício do livre arbítrio humano, que é inviolável tanto para o Anjo como para o demônio.

Quanto à última das cinco funções do Anjo da guarda em relação ao homem, a sua defesa, ela difere das outras porque é voltada para o Alto para o céu, não para baixo ou horizontalmente...
Tratando a questão da defesa que o Anjo da guarda concede ao seu protegido, aproximamo-nos do santo mistério do coração do Anjo da guarda. É a própria natureza do Amor angélico que se revela nele. Eis algumas indicações.

Os Anjos da guarda se mantêm acima dos seus protegidos. Isso significa, entre outras coisas, que eles os acobertam em relação ao céu, em relação ao olhar do alto dirigido para baixo. O fato de os homens terrestres serem acobertados por seus Anjos da guarda perante a Justiça divina significa - além da guarda, da ajuda, da proteção e do contato - que os Anjos da guarda são os defensores, os advogados dos homens perante a Justiça divina.

Como Moisés, que disse ao Eterno, quando os filhos de Israel cometeram o pecado mortal de preferir um deus de ouro ao Deus Vivo: "Perdoa agora seu pecado! Do contrário, apaga-me do teu Livro, que escreveste"; do mesmo modo os Anjos da guarda "acobertam" seus protegidos da Justiça divina, o que equivale a declarar explícita ou implicitamente: "Perdoa seu pecado!". Eis a defesa que os Anjos da guarda oferecem aos seus protegidos.

O anjo da guarda cobre com suas asas seu protegido, conferindo-lhe seus méritos aos olhos da Justiça divina e tomando sobre si os deméritos dele. É como se ele dissesse: "Se o raio da ira divina deve cair sobre meu protegido, meu filho, que ela caia sobre mim, ou, se ele deve ser atingido, que nós dois sejamos atingidos juntos!"
O Anjo da guarda defende seu protegido como a mãe defende seu filho, seja ele bom, seja mau. É o mistério do amor maternal que vive no coração do Anjo da guarda. Alguns Anjos não são da guarda, pois têm missões diferentes. Mas os Anjos da guarda, enquanto tais, são como como mães de seus protegidos.

Assim a arte tradicional os apresenta como mulheres aladas. Por isso a lâmina do 14º Arcano [do Tarô] representa francamente como mulher alada, vestido com roupa de mulher, azul e vermelha.

Os Anjos da guarda são a manifestação do amor maternal elevado e puro. Por isso a Santíssima Virgem e Mãe de Deus tem o título litúrgico de "Rainha dos Anjos". O amor maternal que ela tem em comum com os Anjos da guarda ultrapassa o deles e faz dela a sua rainha...
Como acabo de dizer, existem Anjos que não são da guarda. Não falo das oito hierarquias celestes acima dos Anjos, mas só da hierarquia dos Anjos, isto é, da nona hierarquia celeste.

Há Anjos que são "mensageiros" ('anjos' (angeloi, 'mensageiros', em grego),  no sentido próprio do termo, e há anjos com missões e tarefa especiais - os anjos do Pai, do Filho, do Espírito Santo, da Virgem, da Morte, da Vida, do Carma, das Ligações interesféricas, da Revelação, da Sabedoria, do Saber, da Disciplina Ascética - e vários outros. Muitos dentre eles representam o amor paterno ou o amor fraternal...

Não desejo dizer aqui nada que seja a favor ou contra o que Swedenborg afirma sobre o sexo dos anjos, mas gostaria de destacar o amor maternal dos Anjos da guarda bem como o fato de que outros anjos representam o amor paternal e o fraternal.

É neste sentido -  e só neste sentido - que eu gostaria que tu, caro Amigo Desconhecido, pensasse nos Anjos como seres nos quais prevalece a ternura do amor maternal ou a justiça do amor paternal. Não se trata de projetar no céu a sexualidade terrestre, mas, ao contrário, de ver nesta uma reflexão - se bem que muitas vezes desfigurada - da polaridade do alto... 
Acrescento que a Cabala judaica - principalmente o Zohar - ensina admiravelmente a pensar nas coisas da terra como reflexo das coisas do alto, e não inversamente. O Zohar é realmente uma das melhores escolas da pureza e da castidade no que se refere a tudo o que diz respeito ao Esposo e à Esposa, ao Pai e à Mãe, ao Filho e à Filha, ao Noivo e à Noiva nos mundos espiritual, anímico e físico.

A verdadeira castidade não consiste em se recusar a olhar e ver ou mesmo em se negar, mas, em se verem os protótipos celestes através e acima das coisas da terra. É essa castidade que se encontra e se aprende no Zohar, o Livro do 'Esplendor'1 da Cabala judaica...
Voltemos, porém aos Anjos da guarda: "Os Anjos, inclusive os Anjos da guarda, vivem e se movem exclusivamente na vertical. A subida e a descida constituem a lei de sua vida, a sua respiração. Eles sobem para Deus e descem para a humanidade.

Costuma-se dizer que os Anjos estão na contemplação perpétua de Deus. É verdade, se entendermos por contemplação o fato de eles estarem em contato permanente com a Santíssima Trindade e ofuscados pela sua luz. A contemplação dos Anjos é a "contemplação escura" da qual fala S. João da Cruz. Eles estão unidos substancialmente a Deus, mas não o vêem...

Quanto aos Anjos da guarda, eles não vêem os seres de outras hierarquias [acima deles], Arcanjos, Principados, Potestades, Virtudes, Dominações, Tronos, Querubins e Serafins. Porque a presença da luz transcendente divina neles envolve em trevas a sua percepção das esferas intermediárias entre Deus e a humanidade.

A esfera que eles vêem é da humanidade ou, melhor, as esferas de seus protegidos [abaixo deles], nas quais eles exercem a clarividência, da qual o homem que a perdeu tem necessidade para sua proteção. É nessa esfera também que os Anjos descobrem a genialidade de compreensão sintética e profunda sem igual que lhes valeu, da parte dos homens, o atributo de "oniscientes".

Os Anjos são oniscientes, mas a facilidade com a qual se orientam nas coisas humanas e as apreendem - e, a esse contato, a sua sabedoria obscura divina resplandece - impressionou tanto os que tiveram a experiência de encontro consciente com eles, que os levou a considerá-los oniscientes. É a impressão recebida do contato com os Anjos que o termo 'gênio' deve seu conteúdo primeiro, a saber, o de inteligência sobre-humana (*).
(*) Na verdade, assim como  árvore toda está contida na semente, as qualidades de onipresença e onisciência da Suprema Inteligência estão presentes, embora em estado latente, em tudo o que Deus semeou na sua Criação. O homem traz dentro de si essas qualidades inatas da Divindade - 'O reino de Deus está dentro de vós' -, que se manifestam às vezes nas pessoas sensitivas e nas experiências de quase-morte, quando a alma volta a estar livre de sua pesada veste carnal. A onisciência, portanto (da qual a clarividência é pálido reflexo), pode desabrochar no estágio humano mais elevado, enquanto a onipresença alcança o início de seu esplendor a partir do estágio angélico, e os Anjos da Guarda dão provas disso, graças ao seu poder divino de estar sempre presente e proteger pessoas nascidas em cinco datas diferentes... (Campos de Raphael).

"Mas - e é o lado trágico da existência angélica - essa genialidade só brilha quando o homem tem necessidade dela, quando ele dá motivo para o jorro de suas luzes. O Anjo depende do homem em sua atividade criadora. Se o homem não pede, ou se afasta dele, não há nenhuma razão para que ele exerça sua atividade criadora"...

Ele pode então cair no estado de consciência, no qual toda sua genialidade criadora permanece em potência e não se manifesta. Nesse estado que do ponto de vista humano pode ser comparado ao sono, ele vegeta. Um Anjo que existe para nada é tragédia no mundo espiritual... (sic).

Pensa, pois, caro Amigo Desconhecido, pensa no Anjo da guarda quando tiveres problemas ou questões a resolver, tarefas a cumprir, planos a formar, preocupações e temores a acalmar! Pensa nele como na nuvem luminosa do amor maternal acima de ti, movido só pelo desejo de te servir e de te ser útil. 

Não permitas que surjam em ti escrúpulos - nobres, aliás - que te façam temer que, dirigindo-se ao Anjo da guarda, deixas intercalar-se entre ti e Deus um ser que não é Deus e que te leva a abandonar a aspiração ao contato imediato entre a alma e Deus, ao toque direto e autêntico de Deus, sem intermediários!

Jamais o Anjo da guarda se interporá entre tua alma e Deus de maneira a entravar, por pouco que seja, os acontecimentos do 'Cântico dos Cânticos' entre tua alma e Deus! O Anjo só cuida de tornar possíveis esses toques imediatos e autênticos, de dispor tua alma para recebê-los; e se retira logo que o Senhor dele e teu se aproxima de tua alma...
Em suma o Anjo da guarda é a Amiga da Esposa nas núpcias espirituais da alma e Deus. O Amigo do Esposo que "preparava o caminho do Senhor e aplanava suas veredas", obedecia à lei do Amigo do Esposo segundo a qual "é necessário que ele cresça e eu dimina"; a Amiga da Esposa, que prepara o caminho do Senhor e aplana suas veredas, obedece à mesma lei. 

O Anjo da guarda se retira quando se aproxima alguém maior do que ele. No Hermetismo cristão, isso se chama "libertação do Anjo da guarda. Ele é libertado - muitas vezes para missões novas -quando a alma já adquiriu, em sua parte de "semelhança", a disposição para a experiência mais íntima e mais imediata do Divino - experiência essa que corresponde a outro grau hierárquico. O Anjo da guarda libertado é então substituído pelo Arcanjo...
As pessoas cujo guarda é o Arcanjo não só tem experiências novas do Divino em sua vida interior, mas também recebem vocação objetiva nova. Tornam-se representantes de grupo humano - de nação ou comunidade kármica humana - o que significa que, daí por diante, as suas ações não serão mais só pessoais, mas terão ao mesmo tempo significação e o valor das da comunidade humana que representam.

Assim era com Daniel; ele rezava nesses termos:

"Nós pecamos, cometemos iniquidades, agimos impiamente e rebelamo-nos, afastando-nos do eus mandamento e normas... Agora escuta, ó nosso Deus, a prece do teu servo e as suas súplicas".

"Faze brilhar a tua face sobre o teu Santuário devastado, em atenção a ti mesmo, Senhor! Inclina o eu ouvido, ó meu Deus, e escuta! Abre os teus olhos e vê nossas desolações e a cidade sobre a qual é invocado o teu nome"... (Daniel 9,21-22). [Extratos de 'Meditações sobre os 22 Arcanos Maiores do Tarô', p. 375/379. Edições Paulinas. 1989. Título original: ' Méditations sur les 22 Arcanes Majeurs du Tarot'. Prof.Dr. Martin Krielle, Köllar e Verlag Herder, Basel. 1984].

(Click on the Angel) 
 Doze sinais da presença dos Anjos!

"Dicas dos Anjos", para ampliar a consciência:
Mantenha sempre aberta a Janela de sua Alma!



Física Quântica & Novas Formas de Olhar - Lynn McTaggart:

Maravilhoso' - (Fotos de mary maestri).

Dicas de Raphael & Seus  'Anjos de Cura':
Você ainda desconhece, o que no seu corpo acontece?!

'Bicos de papagaio', dores de coluna, articulações, pedras nos rins? Pode ser carência de magnésio no organismo! Veja o segredo médico revelado pelo experiente Clínico, Dr. Luiz Moura:
1º. O Cloreto de Magnésio. (Dr. Luiz Moura).
2º. Magnésio & Arte de Viver – Pró-Rim.
3º.  ‘Vitamina D – A Cura Proibida’. 
.  'O Milagre de Gerson'. 

 Click no 'Coração-de-Luz' e conheça:
   "A Divindade em mim, saúda a Divindade em você!"
Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).
[Editado c.novas imagens em 19 de Fevereiro de 2016 - Rio das Ostras/Rio de Janeiro - ].

Nenhum comentário:

Postar um comentário