anjinhos

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

A VERDADE SOBRE 21.12.12 E A PROFECIA MAYA ORIGINAL.

 Mensagem Encantadora de Feliz Natal!
 
 Mensagem dos Anjos Para Todo Ano!
(Clic nos Anjos da Natureza - 'portaldeanjos.blogspot')
 
 Clic: V. tem um Anjo Guardião!



 

VERDADE E FICÇÃO SOBRE O "FIM DO MUNDO"
 O Calendário Maya marcava o final de um ano cósmico (ciclo de 26 mil anos mayas), e jamais "o fim do mundo".
(Clic). Veja o que hoje a ciência diz.
INTROITO: A exploração e o pânico sobre eventual “fim do mundo” em 21.12.12, impele-nos a esclarecer aqui e, se possível, evitar o perigo dessa equivocada interpretação -, cumprindo nosso lema consciencial: “Citarei a Verdade onde quer que a encontre”...

Em meados de 1999 uma série de coincidências significativas, fez-nos deixar o apartamento em Friburgo, para morar numa pequena casa em S. Pedro da Serra/RJ. Ali, vivenciamos dois acontecimentos marcantes: o alinhamento estelar entre 11 a 17/8/1999 - previsto pela astronomia maya; e a comunicação direta com nosso anjo guardião pessoal, desde o dia 17.02.2001, através de sinais e intuições. Isso explica o porquê deste nosso trabalho solidário de informação, iniciado no site ‘magisterlux’ em 2003, e em 2009 pelo http://portaldeanjos.blogspot.com/.
Os mayas tiveram acesso a certos conhecimentos e sabedoria, que evidenciam contatos com civilizações extraterrestres. Sabiam então que nosso sistema solar faz um giro ao redor das Plêiades, a cada 26 mil anos. Os 13 anos finais (1999 a 2012), marca a travessia pela faixa de turbulências que “balança” a Terra; por isso, vemos hoje a Lua Crescente, normalmente na figura de “C”, mostrar-se inclinada ou na forma de barco...

Essa faixa de fortes radiações eletromagnéticas próxima às Plêiades altera o campo magnético ao redor da Terra, afetando as ondas cerebrais e nosso comportamento. Propiciam autoconscientização e mudanças no rumo de nossas vidas, através da livre escolha. Abrem oportunidades de elevar a consciência para um patamar superior ou descê-la a nível inferior – tudo depende de nosso livre-arbítrio -, ou seja, das escolhas e atos de cada um de nós.
O Calendário Maya finda em 21.12.12, pois marca o fim de um ciclo de 26 mil anos mayas (25.625 no calendário gregoriano). O “nosso” ano termina em 31 de dezembro, e ninguém se apavora; até mesmo os perus, porque já foram mortos na véspera de Natal! Comemora-se assim o nascimento de um divino e amoroso Ser... Ninguém vê ou percebe a cruel contradição?!
Os mayas nos alertaram sobre acontecimentos cruciais, quais profetas desta Nova Era, que seriam sinalizados nos céus pelo alinhamento estelar na forma de cruz cósmica -, fato ocorrido em 1999. Nos 13 anos seguintes, vieram perturbações no eixo da Terra, terremotos, maremotos; inundações, secas, desequilíbrios tanto atmosféricos, como no comportamento insano da humanidade.
Por outro lado, as atuais radiações cósmicas propiciam-nos a rara oportunidade de por um ‘fim do mundo’ em nossa vida pessoal, e criar uma ‘nova terra e um novo céu’ em nosso microcosmo, para adentrar ‘uma nova era de paz e harmonia’. Para isso, precisamos mudar o rumo de nossas vidas, pondo fim a todo comportamento que prejudica a nós e aos outros.
Basta tomarmos a firme decisão de deixar para trás nosso insensato modo de vida: fumar, drogas, bebidas alcoólicas, comer carne e tudo o que provém da matança e sofrimento dos animais – nossos pequenos irmãos em Cristo. O planeta está elevando sua vibração, e para acompanhá-lo temos que elevar a consciência para outro patamar. Mudar o mundo começa por mudar a nós mesmos -, tudo está interligado! Então, o que você está esperando?!
O Cristo Cósmico universal está ‘nas nuvens do céu’, pronto para descer, qual Espírito Santo, e fecundar a virgindade de nossa eterna Alma-Maria, para o nascimento do ser crístico em nós. Só aí comemoraremos o verdadeiro Natal: o nascer da Luz no santuário do coração. E lembre-se desta verdade expressa nas palavras de Ângelus Silesius: “Se Cristo nascer mil vezes em Belém, e não em teu coração, tua alma permanecerá extraviada”.
A cada dia de cada ano, é-nos dada a oportunidade de "nascer de novop" e mudar o rumo de nossas vidas, pondo fim a tudo que nos prejudica e aos outros; largar de fumar, drogas e adotar alimentação vegetariana que, além de saudável, evita a cruel matança de animais -, nossos pequeninos irmãos em Cristo. 

Possa você festejar a Luz, o Amor e a Paz desse verdadeiro Natal! Eis a Mensagem dos Anjos, através deste ‘portal de anjos’.
Veja e reveja agora a Profecia Maya original, que explica a causa dos tempos conturbados que hoje vivemos (Clic): A 2ª.Profecia Maya. ‘Os Donos do Tempo’ - Uma Nova Era de Paz e Harmonia.

Resumo da 2ª. Profecia Maya – ‘Os Donos do Tempo’.A 2ª Profecia Maya advertia que o comportamento de toda a humanidade mudaria rapidamente, a partir de um eclipse total do Sol que precederia um alinhamento dos planetas de nosso sistema solar em forma de cruz cósmica – fato que só ocorreu em 11 de agosto de 1999, no hemisfério norte.
Nesse dia, foi visto um anel de fogo que se recortava no céu - um eclipse sem precedente na história, pois seguido de um alinhamento estelar em cruz cósmica de vários planetas do sistema solar, tendo a Terra como eixo -, centro da cruz.

Coincidentemente, os planetas se posicionaram nos quatro signos do zodíaco [Aquário, Touro, Escorpião e Leão], que correspondem aos quatro evangelistas; os quatro guardiões do trono que protagonizam o Apocalipse segundo S. João. Além disso, a sombra que a Lua projetou sobre a Terra, atravessou a Europa, passando por Kosovo e o Oriente médio, Irã, Iraque, e posteriormente ao Paquistão e a Índia. Essa sombra da Lua parecia prever uma área de guerras e conflitos – fato que vem acontecendo até agora.


Os Mayas sustentavam que a partir deste eclipse, o homem perderia facilmente o controle de suas emoções, ou então alcançar a paz interior e a tolerância, evitando os conflitos. Passaríamos a viver uma época de mudanças, como ante-sala de uma Nova Era.
A noite é mais escura antes do amanhecer. O "fim dos tempos" é uma época de conflitos e grandes aprendizados, guerras, separação e loucura coletiva, que geram processos de destruição e sofrimentos, para uma evolução seletiva.
A segunda profecia indicava que a energia que se recebe do centro da galáxia iria aumentar e acelerar a vibração em todo o Universo para conduzi-lo a uma maior perfeição. Isso produziria mudanças físicas no Sol, na Terra, e mudanças psicológicas no ser humano, alterando seu comportamento e sua forma de pensar e sentir.
Seriam transformadas as relações e as formas de comunicação, os sistemas econômicos, sociais, de ordem e justiça. Serão mudadas as convicções religiosas e os valores que aceitamos hoje.
O ser humano confrontar-se-ia com seus medos e angústias, a fim de solucioná-los, e sincronizar-se com os ritmos do planeta e do universo. A humanidade passaria a perceber seu lado negativo e as consequências de seus atos. Esse é o primeiro passo para uma transformação e unificação, que remete à necessidade de obter a paz interior e a permanência no bem.
Os acontecimentos incrementariam aspectos, sejam os que nos separam, como os que nos unem: a instabilidade emocional, o medo, a agressão, o ódio, as famílias em dissolução, os enfrentamentos por ideologia, religião, modelos de moralidade ou nacionalismo. Simultaneamente, porém mais pessoas poderão encontrar a paz e aprender a controlar as suas emoções. Haverá então mais respeito, mais tolerância e compreensão, mais compaixão, amor e sentimentos de unidade.
Surgiriam homens com altíssimo nível de evolução. Pessoas com sensibilidade e poderes intuitivos para a salvação. Mas também farsantes (como falsos cristos e falsos profetas), que obtêm lucro econômico à custa do desespero alheio.

Os Mayas previram que, a partir daquele alinhamento (ocorrido em 1999) viria a era do tempo do não-tempo; uma etapa de mudanças rápidas, necessárias para renovar os processos geológicos, sociais e humanos. Neste final do ciclo, cada ser humano tornar-se-ia seu próprio juiz.

O ser humano ingressaria no Grande Salão dos Espelhos para confrontar-se consigo mesmo e examinar sua trajetória de vida. Será classificado pelas qualidades que conseguiu desenvolver no decorrer da eternidade; o comportamento consigo próprio e com os semelhantes, o Planeta e o Todo. “A cada um, segundo suas escolhas e ações”.
Haverá momentos difíceis, mas muitos conservarão a serenidade e harmonia pela compreensão das coisas que sucederão, enquanto outros revelarão medo e frustração, culpando Deus pelo que acontece, pois morte e sofrimento reinarão. Mas originará mais solidariedade aos semelhantes e o respeito de nossa unidade com o planeta e o cosmos.
Isso significa que o 'céu' e o 'inferno' estarão se manifestando simultaneamente na vida de todo ser humano, e cada um aceitará ou rejeitará tudo segundo suas próprias crenças. Uns revelarão mais sabedoria e outros mais ignorância.
Na época da mudança dos tempos todas as opções estarão disponíveis e praticamente não haverá freios nem censura de nenhum tipo, pois os valores morais estarão mais frouxos do que nunca para que cada ser se manifeste livremente como ele é.
A segunda profecia maya, salienta que se a maior parte da humanidade conseguir transcender suas limitações, sintonizando-se com as novas energias cósmicas, muitas mudanças drásticas descritas nas suas profecias poderão ser neutralizadas.
“O ser humano sempre decidiu seu próprio destino pelo livre-arbítrio. As profecias apenas advertem para que tomemos consciência da necessidade de mudar o rumo das nossas escolhas equivocadas evitando assim que se tornem realidade”. [Extraído de “Os Donos do Tempo - 2ª. Profecia Maya”. Texto de Fernando Malkun].
ESPIRITUALIDADE: V. pode ampliar o conhecimento sobre os fundamentos da espiritualidade maya e seu conceito de reencarnação, que chamavam de 'caput-sigil' - "voltar a experimentar a vida".
(Clic):
A 3a. Profecia Maya.

 Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).





















 



Nenhum comentário:

Postar um comentário