anjinhos

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

ANJOS & DROGAS: Uma Experiência de Cura – (Terry Lynn Taylor).

“Independentemente das circunstâncias de sua vida, tragédias, dificuldades, doenças e outras provações, sempre existe uma conexão prateada. Em algum ponto da situação, os anjos estão aguardando para lembrá-lo de que você tem o poder de mudar qualquer coisa num acontecimento positivo, mudando simplesmente o modo como pensa sobre o fato e a ele reage”. (Terry Lynn Taylor). [Cf. ‘Os Anjos Respondem’, p. 92].


 

Processo de Autoconscientização (Clic):



Anjos & Drogas: Uma Experiência de Cura.
"Deus não abandona a obra de Suas Mãos": Seus Anjos cuidam e zelam indiscriminadamente de todos os seres viventes. (Campos de Raphael).
 
 “Gostaria de partilhar a minha história sobre anjos com você. Só a contei para duas outras pessoas. Ao ler o seu livro ['Anjos - Mensageiros da Luz' . Terry Lynn Taylor], lembrei-me dela. Primeiro, gostaria de lhe narrar os fatos para que possa ver o ponto em que eu estava na vida nessa ocasião”...
 
Eu acabara de sair de um relacionamento mórbido e complicado: estivera envolvida com um homem dez anos mais velho do que eu, viciado em cocaína. Eu era co-dependente. Nossos “altos” eram muito altos, e os baixos, demasiado baixos!
 
Pensei que poderia mudá-lo, fazê-lo parar de ingerir drogas (posteriormente compreendi que só se pode mudar a nós mesmos!). Minha autoestima era nula porque toda a minha energia estava concentrada nele. Eu dizia a mim e aos outros: “Prefiro ser miserável com ele do que sem ele”... 
 
Eu estava procurando por alguma ajuda para aliviar a dor e, certo dia, peguei a Bíblia e comecei a ler a partir da primeira página. Não cresci sob a influência de nenhuma religião em particular, porém tínhamos uma Bíblia em casa.
 
Não fiz muito progresso com a Bíblia. N ao consegui entender o que estava lendo na época. Quando ler a Bíblia não curou ou aliviou a minha dor, comecei a falar em alta voz com Deus. Você sabe, pedindo a Ele as bobagens de sempre.
 
Na noite que se seguiu à minha “conversa”, não pude dormir e fiquei chorando como sempre. Foi quando o vi – o meu anjo da guarda. Aos pés da minha cama havia a silhueta de alguém que estava cercado por uma luz branca brilhante e ofuscante.
 
De início, as velhas dúvidas quiseram tomar conta de mim: estou perdendo o juízo, estou vendo coisas. A figura não foi embora. Depois que consegui superar minhas dúvidas e que esfreguei os olhos, o anjo começou a falar.
 
Ele me disse que tudo daria certo, que eu estava rodeada de luz e de amor. Disse-me que estava sempre comigo. Senti um calor interior. Julguei-me muito querida! Fui dormir e, no dia seguinte, eu estava mais em paz comigo mesma. Foi uma experiência maravilhosa!
Agora compreendo que o relacionamento foi o principal ponto de mutação em minha vida. Sou grata a Deus e aos meus anjos por estar nesta extraordinária jornada a que chamamos vida. É fantástico saber que todos temos anjos à espera de que tomemos conhecimento de sua presença.

Recentemente, eu estava com as duas filhas da minha amiga Shelley, e a mais nova delas me desenhou. A filha mais velha avisou que havia um anjo acima da minha cabeça no desenho. A menininha viu o anjo! Foi um momento tão especial! Depois disso eu senti que brilhava.

Há pouco tempo, mostrei o seu livro à minha amiga Kirsten, uma pintora. Ela havia acabado de dar aula a uma aluna e eu estava lhe mostrando o livro, quando o telefone tocou. A pessoa que chamou queria falar com Angel (Anjo)...

"Kirsten lhe disse que era engano, sem compreender a conexão, a não ser depois que desligou o aparelho. Estou certa de que a pessoa discou o número correto”. (Tracy Jenkins. Nova York). [Cf. ‘Os Anjos Respondem’, p. 87/88. Terry Lynn Taylor. Pensamento].


 lLuz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).


 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário