anjinhos

terça-feira, 4 de outubro de 2011

ANJOS, AMOR & ROMANCE. Um relato divertido. (Mary Beth Crain).

Amplie o seu conhecimento: O universo e o microcosmo formam um só Todo. "Assim como é em cima, é embaixo". (Hermes Trismegisto). (Clic): 100 milhões de anos-luz da Terra.

Psicologia e Astrologia: (Oscar Quiroga).
"Nascemos e existimos no espírito universal; participamos da mesma vida e formamos no espaço infinito um só corpo cósmico"...
(Clic): A Astrologia Real.

V. sabia? O Tempo influi em nosso humor; e a lua afeta a natureza e todos os seres vivos?!
(Clic): Meteorologia e as Fases da Lua.
Exemplos: (Clic) Influências astrológicas e lua cheia. Clic tb: Lua Cheia. Festa de Wesak.

Anjo da Guarda: V. tem um anjo guardião e ainda não sabe o seu?! (Clic é grátis):
"Conheça seu anjo guardião pelo dia de nascimento". E veja tb:
(Clic): 'Anjos & Ensinos Luz' "Para os que sabem que nada sabe"...

Introdução: Em razão da educação religiosa tradicional, você pode estranhar a variedade de pessoas que têm experiências diretas com os anjos. A escritora Terry Lynn Taylor, porém recolheu inúmeros fatos e histórias reais que ilustram as várias maneiras pelas quais o anjo guardião procura contatar e interagir conosco:

“Os tópicos e opiniões expressos não coincidem necessariamente com os meus"... ela ressalva. "E seus pontos de vista não concordam necessariamente com tudo o que escrevi neste livro”. (‘Anjos, Mensageiros da Luz’, p. 199).

A ressalva também se aplica às minhas. Na verdade, desde os inesperados sinais de contato propiciados pelo anjo guardião que presidiu meu nascimento no corpo físico, bem como as intuições que afloram desde então na minha consciência, fez surgir uma visão clara totalmente diferenciada daquela impregnada na infância pelo catecismo da Igreja católica...
Hoje sei por experiência própria que, devido ao seu amor incondicional e estado de consciência, os anjos da Luz jamais interferem no livre-arbítrio, crenças religiosas e relacionamentos afetivos, exceto se pedirmos sua orientação. Ainda assim, agem sempre dentro das leis universais que regem a vida de todos os seres viventes manifestados neste Universo.

Veja a seguir um relato divertido, e entenderá por que certos artistas figuram os anjos como crianças brincalhonas, arteiras, que "aprontam" e divertem-se com nossas peripécias afetivas. O fato me lembra a figura de Cupido ou Eros, o deus de amor, da mitologia greco-romana, que "flechava" até corações de deuses do Olimpo...
Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).

Atraindo Amor e Romance.(Relato de Mary Beth Crain).
“Sempre que penso em chamar os anjos para ajudar em minhas peripécias românticas, lembro-me de um episódio de “Gilligan’s Island”. Nele, o professor constrói um grande robô que supostamente faz tudo o que você lhe pedir. Naturalmente, todos na ilha concordam que o robô deve construir um barco que possa levar todos para a casa".

"Todos fazem as malas, apresentam as despedidas e se encontram na praia ao amanhecer. Sem dúvida o robô seguiu as instruções e construiu um navio de luxo. O único problema é que o navio tem trinta centímetros de comprimento. “Opa!”, diz o professor. “Imagino que esqueci de lhe dar as dimensões”...

Nunca se esqueça [você também] de dar as dimensões aos anjos. Porque, como todos sabem a esta altura, nossos amigos metafísicos são brincalhões incorrigíveis e só precisam de uma minúscula desculpa para transformarem o drama da nossa vida numa piada cósmica.
Eles tentam nos passar uma rasteira e, às vezes, quando suas pequenas travessuras passam dos limites, [provavelmente] Deus, a Virgem Maria ou um santo particularmente conhecido por algo sóbrio, como um martírio horrível, interferem para dar-lhes uma reprimenda.

Ao menos espero que isso tenha acontecido quando rezei para que me aparecesse um homem que realmente me amasse, e obtive alguém que usava uma colônia com cheiro de inseticida e tinha uma esposa enorme e gorda que ninguém, nem mesmo os anjos, gostaria de encontrar numa viela escura – nem iluminada.

É desnecessário dizer que isso foi desalentador. Não apenas me senti completamente repugnada pela resposta às minhas orações, como a obsessão desse homem não conhecia limites. Foram presentes, cartões, telefonemas, súplicas. Eu queria fugir pessoalmente para a Ilha Gilligan, só para escapar dele.

Quando a minha paciência acabou, liguei para Terry Taylor, que me disse que aquele era, definitivamente o momento de fazer uma conferência angélica. Disse-lhe que pensava que, definitivamente, era o momento do reformatório angélico. Mas chamei meu anjo do amor e do romance (AAR) e nossa conversa foi mais ou menos a seguinte:
Eu: Ah, obrigada mesmo!
AAR: Bem você pediu um homem que realmente a amasse.
Eu: Mas ele se perfuma com inseticida!
AAR: Lamento. Você não especificou.
Eu: Não especifiquei? Até que ponto temos de ser específicos aqui?
AAR: Tão específicos quanto for necessário para atrair a pessoa certa.
Eu: Escute, supõe-se que vocês, rapazes, saibam tujdo que estou pensando, de qualquer modo.
AAR: Queremos que você saiba o que está pensando. Que seja muito clara a respeito. De outra maneira, as coisas que irá atrair estarão ligeiramente fora de contexto.
Eu: Imagino que tenho sorte por você não me enviar um chipanzé ou algo assim.
AAR: Volte e medite sobre o homem que realmente deseja. Veja-o, sinta-o, chame por ele. Nós captamos a mensagem.
Eu: Basta assegurar que ele capte a mensagem, OK?
AAR: Palavra de escoteiro.
Eu: Seus dedos estão cruzados.
AAR: Opa! Pensei que não fosse perceber...
Acredite-me, você precisa vigiar esses caras. De qualquer maneira, voltei e pensei sobre onde havia errado. Eu tinha pedido um homem mais velho, que partilhasse de todos os meus interesses, tivesse inclinações espirituais, fosse apaixonado e tivesse carreira própria.

Mas não havia especificado o seu estado civil nem que eu também deveria sentir-me atraída por ele. Você poderia pensar que os anjos iriam saber desses detalhes óbvios, mas não é o que acontece. Definitivamente, é preciso dizer tudo.

Então fiz outra meditação. Relaxei, senti uma luz branca e dourada passando através de mim, dos dedos dos pés ao nariz, me dirigi ao meu local mental imaginário favorito, que é um campo gramado junto a um lindo riacho, e imaginei meu par ideal.

Vi seu rosto e seus olhos; senti seu amor gentil e incondicional. Fiz uma lista de todas as suas qualidades, me certifiquei de que tivesse um cheiro simpático e não tivesse uma mulher do tamanho do Mount Rushmore. Então convoquei mentalmente meu anjo de amor e do romance.
“Ei-lo”, disse eu. “Traga-o para mim. E nada de brincadeiras!”

Bem, levou cerca de seis meses. Mas posso contar alegremente que hoje sou a orgulhosa companheira de um homem adorável e adorador, de setenta anos, que partilha de meus interesses, tem suja própria carreira, é profundamente religioso, não é casado e usa uma colônia que me faz perder a cabeça. Na verdade, conheci-o no dia de Natal, na missa, o que apenas serve para lhe mostrar que, quando decidem fazer as coisas, os anjos montam o espetáculo [ou cenário] completo.

Naturalmente, há algo mais em atrair o amor e o romance do que simplesmente programar seus anjos. Você precisa se sentir bem consigo mesmo, precisa sentir que merece o melhor. É preciso prestar atenção.

Portanto, você deve notar quando os anjos lhe enviam alguém. Então deve trabalhar no relacionamento, porque nada vem de graça, especialmente quando os anjos estão envolvidos. Eles gostam de ver você merecer sua presa.

No meu caso, o homem que eu amava era muito tímido e tive de trabalhar como o diabo para deixá-lo à vontade ao meu lado. Com efeito, houve muitos momentos em que estive pronta para declarar-me derrotada.

Mas em cada meditação que fazia, os anjos confirmavam ser ele. Eu simplesmente não devia perder a fé. E, de fato, aconteceu o milagre e ele me perguntou, timidamente, se eu gostaria de jogar golfe com ele, e daí em diante a vida tem sido uma maravilha.
Oh, sim, aqui está outra coisa que você poderá tentar se estiver tendo problemas de relacionamento e deseja uma confirmação “sim” ou “não” por parte dos anjos. Peça-lhes simplesmente para enviarem um sinal de que a pessoa é ou não aquela que o universo escolheu para você. No meu caso, pedi aos anjos que me enviassem uma rosa para confirmar que esse camarada era “aquele”.

E cerca de cinco dias mais tarde, uma freira amiga minha e eu nos encontramos para o almoço e a primeira coisa que ela fez foi estender-me um cartão de novena de Santa Teresa. Eu o abri e ali dentro estava a mais doce das pequenas rosas cor-de-rosa. Que grande arrepio! “Jan”, eu disse, “por que está me dando isto?”

- “Foi a coisa mais engraçada”, replicou ela. “Mas ontem estava dirigindo e me perdi, terminando num hospital mantido por uma ordem de irmãs devotas de Santa Teresa. Havia uma capela no hospital com um nicho para Santa Teresa e rosas por toda a volta. E subitamente senti que tinha de rezar por você, para que Deus lhe desse um relacionamento lindo, satisfatório e estimulante. E apanhei esta rosa do nicho”...

Portanto, os anjos estão escutando. Basta manter um olho neles porque, como já disse, seu humor às vezes pode ser mais do que se pede. Na verdade, penso que eles podem ter escrito a série “Gilligan’s Island” toda e que a representam lá embaixo no inferno, pela eternidade. De modo que, a partir de hoje, vou ser muito boa. Você também vai, não é?”...
[Cf. ‘Anjos, Mensageiros da Luz’, p. 200/203. Terry Lynn Taylor. Pensamento].

Nenhum comentário:

Postar um comentário