anjinhos

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

O Amor dos Anjos Sempre Presente em Nossas Vidas: Ontem & Hoje - (Ambika Wauters).

"Na França, há muito tempo, os camponeses tinham uma interessante tradição. Em vez de dizer simplesmente 'Olá!' quando se encontravam, eles diziam: 'Bom dia para você e seu acompanhante'. E embora não pudessem vê-los, acreditavam que os anjos da guarda mereciam também ser saudados"... ('Um Anjo Zela Por Mim' p. 119. Joan Wester Anderson).
(*) A categoria angélica e qualidades de seu Anjo Guardião, revelam influências e o roteiro de vida que, antes de descer ao campo quântico de possibilidades, você escolheu vivenciar para ampliar a consciência. Problemas e crises são oportunidades de crescimento: "Quando as ocupações se nos propõem, devemos aceitá-las; quando as coisas acontecem em nossa vida, devemos procurar compreendê-las até o fundo". (Lü Dsu, sábio chinês). Em 'O Segredo da Flor de Ouro', C.G. Jung diz: "As universidades não são mais fonte de conhecimentos. As pessoas estão cansadas da especialização científica e do intelectualismo racional. Elas querem ouvir a verdade que não limite, mas amplie; que não obscureça, mas ilumine"... (Campos de Raphael). 
Música suave atrai a presença de Anjos... Escolha abaixo àquela que aquiete sua mente e 'fale' ao coração. Minimize, reabra o portal e a ouça na leitura:

 Mensagem de Aniversário.  
Anjo do Dia: 'MANAKEL': "Deus que fecunda e mantém todas as coisas". Protege nascidos em 17/10, 29/12, 12/03, 24/05 e 05/08. "Este anjo ajuda a acalmar a irritação, cólera, indignação e mau humor. Inspira a música, poesia e artes em geral. Quem nasce sob esta influencia reúne as mais belas qualidades de alma na personalidade. E conhecido por seu ótimo caráter, amabilidade e a bondade para com todas as pessoas. Suporta os problemas sem reclamar, tem a consciência clara e sabe sempre quando e como deve agir. Eterno lutador, é um estímulo positivo para a coletividade... O desconhecido não o amedronta e acha que 'só tem medo de morrer, quem não está sabendo viver'. Sempre vigilante, consegue desenvolver forte poder de observação (consciente) e de captação (inconsciente), e aplica isto em todas as situações... Anfitrião delicado, está sempre de bem como todos, devido a sua maneira simples e gentil de ouvir a todos com ternura. Não consegue esconder de ninguém seus sentimentos. É um ser especial e deve ouvir sempre a voz de sua consciência. Sempre 'inspirado' para qualquer trabalho, acredita em seu potencial e não perde as oportunidades que surgem em sua vida. Poderá ter inspiração para música e poesia. Ao longo de su existência poderão aparecer projetos envolvendo atividades a serem realizadas em outros estados e países estrangeiros". Clic e saiba mais: 'Manakel'. 66º Anjo. Categoria 'Anjos'. [Fonte: viverempaz.com].

'ANJOS': Categoria angelical incumbida por Deus junto à humanidade, para realizar milagres e auxiliar na sua evolução através de experiências de vida e realizações. Seu Príncipe-Arcanjo é Gabriel. Seu nome significa 'Homem de Deus'... "Dá a seus protegidos o amor pela liberdade; não se apegam a dinheiro. Adoram o campo, são inteligentes e bem-humorados. Costumam mudar constantemente e podem se casar várias vezes, concebendo muitos filhos. Para ancorar em casa anjos dessa qualidade deve-se ter sempre em casa frutas de todas as formas, não só como alimento, mas também na decoração". [Fonte: 'Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Anjos'. Claudia Maria Janssen].
VÍDEOS. 'VIVENDO E APRENDENDO' (Clic):




DICAS DE SAÚDE: Dores de coluna, artrite, pedras nos rins? Pode ser carência de magnésio! Depoimento do Dr. Luiz Moura, experiente Clínico:

O Amor dos Anjos Sempre Presente em Nossas Vidas: Ontem & Hoje – (Ambika Wauters).
“Em seu livro 'Diálogos com o Anjo', Gitta Mallasz oferece um extraordinário relato de como os anjos transformaram a vida de quatro jovens, incluindo ela mesma. Gitta, durante a Segunda Guerra Mundial, ao esconder-se em um pequeno vilarejo da Hungria, foi a única sobrevivente do grupo”...

O aspecto marcante desse livro é a descrição do inferno ao qual esses quatro jovens foram submetidos, e da paz interior e da tranquilidade que conseguiram em virtude de seu contato regular com os anjos.

Esse contato se estendeu por 18 meses, por meio de sessões semanais, cada uma das quais canalizada por um dos jovens, proporcionando-lhes alimento espiritual durante um período em que praticamente o mundo inteiro experimentava o desespero. Gitta Mallasz, hoje mora na França e apresenta ocasionalmente programas de rádio sobre os anjos...
Os livros da escritora Terry Lynn Taylor sobre anjos não tem conotação religiosa. Em vez disso, mostram o amor e a luz que eles tão ardentemente desejam nos oferecer, e nos levam ao âmago do porquê procuramos os seres angélicos para nos orientar e proteger. Ela afirma com simplicidade, que eles aqui estão para nos proporcionar alegria.

Gustav Davidson, outro escritor moderno, era um estudioso que nutria profundo interesse pelos anjos. Ele escreveu ‘A Dictionary of Angels’, que traz inúmeras informações sobre eles. Gustav dedicou vários anos ao estudo dos anjos e temos imensa dívida para com ele, em virtude de sua magnífica pesquisa sobre um assunto que tanto prazer lhe proporcionava.

Além disso, Gustav Davidson nos ajuda a desvincular os anjos da esfera meramente religiosa e trazê-los para a esfera da consciência cotidiana. Seu desejo era que todos aqueles que quisessem conhecer os anjos considerassem sua obra um guia útil e acessível.

Os anjos nos brindam com a oportunidade de amar nosso eu Interior ['Self', ou Si-mesmo, na psicologia de Jung]. Conduzem-nos à verdadeira essência de nossa vida, mostrando que, quando nos amamos, agimos em consonância com nossa verdade absoluta...
Ademais, os anjos ajudam-nos a amadurecer e a nos tornar pessoas responsáveis e amorosas, que vivem na serenidade e na paz. Também nos auxiliam a descobrir quem realmente somos e a viver como seres criativos e plenos. Praticamente toda a literatura moderna sobre anjos apresenta essa perspectiva, tornando clara a essência do que eles podem compartilhar conosco no dia a dia.

O estudioso holandês dr. H. C. Moolenburgh escreveu dois livros sobre experiências de alguns indivíduos com seres angélicos. Além disso, há vários relatos de pessoas que descreveram seus encontros pessoais com anjos e como foram auxiliados por eles. Algumas experiências são miraculosas e extraordinárias; outras, simples, revelando a facilidade com que os anjos podem entrar em nossa vida quando estamos abertos a seu amor, sabedoria e orientação.

Acreditar em anjos é, com certeza, uma escolha pessoal. Apesar de habitarem a esfera invisível, suas ações são sentidas na forma de energia manifestada e expressa como realidade viva. Com o saber se algo é real? Observando seus efeitos.

Quando um motorista, em uma fração de segundo, evita que o carro atropele uma criança ou quando a ajuda para um problema surge ‘do nada’, é claro que estamos presenciando a influência angélica.

A inspiração surge de outra esfera [propiciada pelo hemisfério direito do cérebro], superior à da oferecida pela mente consciente racional. Podemos usar o hemisfério esquerdo do cérebro, que é analítico, para analisar nossas experiências, mas ao abrirmos nossa mente a uma possibilidade diferente – a possibilidade de uma realidade iluminada pela orientação e pelo amor angélicos – encontramos apoio quando estamos estressados e respostas para problemas que parecem insolúveis. A partir de então, começamos a permitir que a beleza dos anjos nos toque...
Informações sobre anjos podem ser úteis, mas não são necessárias para entrar em contato com eles. Quanto mais você se abrir para sentir sua presença, mais se familiarizará com eles. Os livros podem nos ajudar a conhecer a experiência de outros, mas nada se iguala à percepção direta pessoal. Os anjos, na realidade, pedem que desenvolvamos a intuição, de modo a podermos compreender melhor o que desejam nos ensinar.

Quando você acredita em seu coração e respeita seus sentimentos como expressões legítimas de seu ser, os anjos, então, conseguem tocar sua mente e seu coração mais prontamente. Isso significa que, além de acreditar em si, você respeita sua experiência. De modo geral, são as pessoas simples, com experiências descomplicadas, que mais facilmente se conectam com os anjos.

“Logo, tente se afastar por um momento de sua visão de mundo orientada pelo lado esquerdo do cérebro, o racional, e permita que seus sentidos e sua intuição se abram a uma nova percepção, que lhe permitirá fazer uso das maravilhas da consciência universal [latente dentro de nós]. O amor dos anjos e o prazer de uma existência plena estão à sua espera”. [Extraído de  ‘O Oráculo dos Anjos’, p. 17/19. Ambika Wauters. Madras. Título original: ‘The Angel Oracle’. 1995].

Conheça também:
 Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).

Nenhum comentário:

Postar um comentário