anjinhos

sábado, 26 de abril de 2014

Amor: Presença Viva no Universo - (Richard M. Bucke - Psiquiatra).


(*) O 'Oráculo dos Anjos da Guarda' revela o que viemos fazer no "campo quântico de possibilidades": expandir a consciência da 'criança divina', 'Deus em nós' -, o 'Self' imortal. Mas, ao adentrar a veste física, esquecemos a origem divina, a missão escolhida e as lições a ser apreendidas no embate das "forças dos opostos". NOTE BEM: Embora a infância seja pré-determinada, é-nos dado mudar o rumo da vida, na adolescência e vida adulta - para o 'bem' ou o 'mal'. Para baixo ou o Alto. Acredite ou não, "Destino" é fruto de tudo o que, no hoje vivente, você escolhe... (C. de R.).

“O Supremo Criador revela-se nos sons, seres viventes e sinais inscritos na Natureza”. (Campos de Raphael).

 Mensagem de Aniversário.
Guardião do Dia: ‘HAAMIAH'. Protege os nascidos em 26/04, 08/07, 19/09, 01/12 e 12/02.Invoca-se o nome divino desse anjo para descobrir todos os tesouros e segredos da Terra. "Quem nasce sob esta influência, servirá a Deus devido a sua grande inteligência e consciência adquirida através de estudos (como autodidata) e leituras diversas. É simpático aos problemas de todas as pessoas, conseguindo até mesmo resolvê-los usando a sua prodigiosa intuição. Defende calorosamente as liberdades individuais e luta contra o preconceito. Tem grande facilidade de aceitar coisas que outra pessoas consideram surpreendentes ou incompreensíveis. Estabelece um padrão próprio para o amor, rejeitando o convencionalismo.... Sua mente que vai além das fronteiras, estará apta às pesquisas científicas. Se tiver oportunidades de estudo, será célebre por suas descobertas na área tecnológica, nuclear ou poderá usar seus poderes de clarividência e telepatia para penetrar na fronteira do mundo oculto". Saiba mais: 'Haamiah'. 38º Anjo. Categoria 'Potências'. [Fonte: viverempaz.com].

'POTÊNCIAS': Categoria angelical que protege a procriação e a perpetuação das mais diferentes espécies vivas do Universo. O Arcanjo Camael é o seu Príncipe. Os indivíduos cujas datas de nascimento são regidas por estes anjos são pessoas extremamente justas,pois conseguem ver as coisas sob ângulos diferenciados. Procuram agradar a todos, mas não apreciam situações de conflitos, estando sempre em busca da harmonia. São dotadas de sensibilidade afetiva rara, demonstrando cordialidade e carinho para com os seus semelhantes e não admitem situações de injustiça... As pessoas regidas pelos anjos da categoria Potência trazem a vocação de fazer aflorar nas pessoas a facilidade de viver sem problemas, com autoconfiança e otimismo". [Fonte: viverempaz.com].
[Vale lembrar: Escolhemos, a nível da alma, descer ao campo quântico de possibilidades para aprendizado e ampliação da consciência. Problemas  e crises são oportunidades de crescimento... Carl Jung, em 'O Segredo da Flor de Ouro', cita o sábio chinês Lü Dsu: "Quando as ocupações se nos propõem, devemos aceitá-las; quando as coisas acontecem em nossa vida, devemos compreendê-las até o fundo"]. (Campos de Raphael) 

Dicas dos Anjos de Cura: Há décadas, as multinacionais farmacêuticas tentam desmoralizar a eficácia da homeopatia e remédios naturais, bem como a ‘Terapia de Gerson’, que utiliza sucos de frutas e legumes crus, ricos em desoxidantes. Ela desintoxica o organismo, cura vários tipos de doenças e até câncer terminal. O cineasta canadense Steve Kroschel, após o seu documentário ‘O Milagre de Gerson’, viajou aos EUA, México, Holanda e Japão, entrevista várias pessoas e, por fim, o médico japonês que aplicou em si a ‘Terapia de Gerson’ e curou-se de câncer terminal, 50 anos atrás. Click e conheça: 'O Milagre de Gerson'. (2004). - Veja tb.: Morrendo por não saber’. (2006). 

DICAS DE SAÚDEDores de coluna, artrite, pedras nos rins?!  V. pode curar-se em casa! Clic e veja o depoimento deste Clínico:

Amor: Presença Viva no Universo - (Richard M. Bucke).
Vamos transcrever o relato do psiquiatra canadense R. M. Bucke. Ocorreu em Londres, quando tinha 36 anos e teve um vislumbre do Universo, numa experiência cósmica:

“Inesperadamente, vi-me envolto por uma nuvem de luz. Pensei em fogo, por um instante, talvez uma enorme conflagração naquela grande cidade ou nos seus arredores. Mas sabia também que havia fogo em mim. Logo em seguida, senti uma exultação, uma alegria imensa acompanhada por uma iluminação intelectual impossível de descrever”...

Recusei-me a acreditar, mas vi que o universo não se constituía de matéria morta, mas, pelo contrário, de uma Presença viva. Tive consciência de mim mesmo e da vida eterna. Não se tratava de uma convicção de que eu teria vida eterna, mas uma consciência de que, naquele momento, eu tinha vida eterna...
Vi que todos os homens são imortais; que a ordem cósmica é tal que, sem qualquer dúvida, todas as coisas trabalham juntas para o bem de cada uma e de todas, que o princípio fundamental do mundo, de todos os mundos, chama-se Amor, e que a felicidade de cada um e de todos está na longa caminhada...

A visão durou poucos segundos e se acabou. Mas a sua lembrança, e o sentido de realidade que veio com ela ficaram comigo pelos vinte e cinco anos que decorreram desde então. Eu sabia ser verdade o que a visão mostrava.

“Aquela visão, aquela convicção, devo dizer, aquela consciência, nunca, mesmo durante fases da mais profunda depressão, se perdeu”... (R. M. Bucke).

Bucke passou a estudar depoimentos de outras pessoas sobre experiências semelhantes e reuniu suas observações em um livro intitulado ‘Cosmic Consciousness’, onde deu especial ênfase às seguintes características daquilo que chamou de experiência cósmica:

“A experiência vem repentina e inesperadamente. Sem qualquer aviso, o indivíduo recebe uma sensação de estar no meio de chamas, e no instante seguinte enche-se de intensa alegria, que vai crescendo até atingir um êxtase”.

Da mesma forma repentina, chega-lhe uma intensa elucidação intelectual, compreendendo conhecimento da humanidade e da vida eterna de tudo, da unidade de tudo, e da identidade da vida com o universo, permeada com aquilo que se poderia chamar de Amor...
"Nesses segundos, o indivíduo aprende muito mais do que em anos de estudo. Com tal certeza da imortalidade individual, todo o medo desaparece".

Normalmente, a experiência vem entre as idades de trinta e cinquenta anos, ocorrendo com pessoas “de grandes qualidades morais e intelectuais”.

“Tem uma profunda influência para o resto da vida, já que o indivíduo passa a ter consciência cósmica e nunca mais pode voltar ao estado de consciência que ele tinha antes da experiência”.

As características essenciais da descrição de Bucke (*), aparecem no depoimento de Dahlén [Ver: ‘A Experiência Cósmica de Ruth Dahlén’], do qual apenas um resumo foi dado aqui. É perfeitamente compreensível que tal experiência altere todo o resto da vida de uma pessoa, embora ela dure em si, apenas alguns segundos e, quando se repete, seja mais difusa.

Na verdade, o consciente não pode suportar um contato tão intenso com o campo de energia psíquica por mais do que um curtíssimo período de tempo.

“Aquilo que Bucke denomina de consciência cósmica aos poucos vai se desfazendo, mas o resto da vida do indivíduo permanece iluminado pela sua lembrança”. (Extraído de ‘Vida Sem Morte?’, p. 282/83. Dr. Nils Jacobson; Círculo do Livro, 1975).
(*) Richard Maurice Bucke, psiquiatra místico canadense. Após experienciar uma consciência cósmica mais ampla, passou a distinguir três tipos de consciência: Consciência Simples, a consciência do corpo, que os animais possuem; Autoconsciência, a consciência de estar consciente, possuída pelos seres humanos; e a Consciência Cósmica, a consciência da vida e da ordem do universo, experienciada por aqueles que vivenciam uma iluminação, ou revelação. [Richard Maurice Bucke (1905). 'Cosmic Consciousness: A Study in the Evolution of the Human Mind'.{Consciência Cósmica: Um Estudo na Evolução da Mente Humana}]. Uma abordagem mais completa dessa consciência espiritual pode ser encontrada no livro ‘O Espectro da Consciência’ de Ken Wilber. Ele faz uma comparação entre as formas ocidentais e orientais de pensar sobre a mente. Wilber descreve a consciência como um espectro: a consciência normal numa extremidade, e na outra, os tipos mais amplos e profundos dos níveis mais elevados da consciência. [Wikipédia].
Clic nos Anjinhos e conheça:
 Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).

Nenhum comentário:

Postar um comentário